Aê, todo mundo

Seja bem vindo. Não espere boas maneiras ou mensagens edificantes!
Lembre-se: esse papo de 'só o amor constrói' é balela: quem constrói é o pedreiro.

sexta-feira, dezembro 21, 2007

Feliz o quê?

Papai noel, panetone, peru, parcelamento... putaquepariu! odeio muito tudo isso!
Familhama, amigo secreto, churrasco de fim de ano... Alguém, por favor, manda matá o fiadasputa que inventou o natal!
Sim, nessa época come-se demais (e aí eu passo a correr o risco de ser cercada por ecologistas na beira da praia, todos gritando: encalhou, encalhou! Tragam cordas, vamos levar pro mar... sim, vão me confundir com uma baleia).
voltando ao natal... cara, que merda!

E aqueles pobres desempregados que pegam bico de papai noel? Putz, dá uma dó dos caras, num calor da porra dentro daquela roupa e debaixo daquela barba de nylon... dá vontade de chamar a anistia internacional pra denunciar esse abuso dos direitos humanos.
E a decoração? tem coisa mais brega que decoração de natal? Tem não! Caralhos alados, isso é uma porra de um país tropical aí nego faz pinheirinho com algodão imitando neve... aff (pior foi uma amiga, professora em escola de periferia: fez um pinheirinho com rolinho de papel higiênico recoberto de saquinho dourado de embalagem de café... caralho, que pobreza... me defende!!)

E o centro da cidade?
Putaquepariu!!!! tudo quanto é velha lenta e lerda vai pro centro da cidade atrapalhar o meu caminho! Dá vontade de derrubar todo mundo!
Além das velhinhas tem as donas de casa com sua penca de filhos... todos lerdos, todos atravancando a minha vida. ah, e ao redor de tudo isso tem os batedores de carteira (esses pelo menos são rápidos) dos quais a gente precisa se defender...
O pior ainda está por vir... a noite de natal propriamente dita. Familhama, comilança, beberagem e depois... depois nego briga, se xinga e no dia seguinte todo mundo acorda de ressaca.

19 comentários:

Marcelo disse...

Garota hoje eu so vou sorrir seu texto me alegrou o dia imensamente...volta prá comentar kkkkkkkk

Bjs

Claudia Lyra disse...

Ah, as brigas de família na época de Natal!!! Que coisa mais linda!!

Poeta Matemático disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk

Cara, vc é foda...

Sério mesmo

rsrsrsrsrs

Falou tudo

Paulo Bono disse...

faço de tudo para não sair de casa nessa época, dona Brasil. Mas confesso que gosto do Natal. Mas tb gosto pra caralho do pessimismo bem-humorado.

grande abraço.

* oconto novo do espalitando é bem por aí também.

bostamcity disse...

Natal. Só de pensar, já me dá um tédio...

Chawca disse...

Pelo menos é uma boa desculpa pra beber....
Mas desde quando eu preciso de desculpa pra isso???

O Natal pode ser terrível visto de vários ângulos... mas não dá pra fugir dele..

Boa sorte e paciência pra aguentá-lo..

Um abraço

Walter Carrilho disse...

Caraca, eu ia justamente comentar no blog sobre esses tipos de natal: a velha das sacolas grandes, a mãe com os moleques remelentos...

Acantha disse...

ANE, ANE... Feliz tudo para você, garota!!!

Jens, direto a Ilha da Magia disse...

É bem isso aí, Ane. Mas é legal!
Comilança, beberança e ressacâo. UÊBA! É Natal.
Beijo. Abraço. Muita felicidade, guria.

Vais disse...

Olá Ane,
tipo assim... regaçando tudo!
Eta ferro!
risos
maravilhas e delícias pra você e nego veio e pra Preta gata
grande abraço

Mauro Castro disse...

Enfim alguém que detesta natal como eu. Prazer.
Há braços!!

bostamcity disse...

Ane, eu já fiz uma nova postagem. É um cartoon ironizando a ditadura da moda. Dá uma olhadinha: BOSTAMCITY.BLOGSPOT.COM

teresa disse...

ahahahahahahahahahahahahahahahahah. é assim mesmo, na maior parte dos casos.

Marcelo Salvador BA disse...

Ane, agora acredito que vc seja meio baiana "calor da porra" é altamente baiano isso...digo baianês!!! - nossa aquela dos meninos lerdos - já fui vitimado por uma cujos bebês colidiram comigo e me sujaram de sorvete rs rs rs!!

Felicidade



É comum no ser humano, a busca ansiosa pela felicidade. No entanto, a felicidade faz parte de nossas vidas e nós não percebemos. Felicidade é muitas vezes, termos o trabalho e nele nos realizarmos. Felicidade é termos amigos e neles confiar. Felicidade é possuir uma família e junto dela crescermos. Felicidade é a paz de consciência, é não aceitar aquilo que venha com facilidade e agradecer as dificuldades que nos ensinam a caminhar com mais segurança. Felicidade é ter olhos para ver e sermos capazes de ver além das formas que nos chegam á retina. Felicidade é saber ouvir os sons e identificar o som sublime que nos chega de Deus, através de tudo o que a Natureza nos fala. Felicidade é poder pensar, pensar com sensatez, ajudando nos e ajudando os nossos semelhantes através da orientação segura...Felicidade é, enfim, sabermos sofrer e sabermos não fazer sofrer aqueles que nos cercam. – Dr. Bezerra de Menezes

Feliz Ano-Novo 2008 kisses!!!

abominnavel disse...

A solução é inventar um retiro espiritual qualquer e se retirar do mundo nesse tempo...

barb michelen disse...

Hello I just entered before I have to leave to the airport, it's been very nice to meet you, if you want here is the site I told you about where I type some stuff and make good money (I work from home): here it is

Yvonne disse...

Menina, mesmo assim é muito bom, rsrsrs. Querida, tudo de bom para você, viu? Beijocas

Bridget Jones disse...

Também não gosto e Natal. Aquela coisa toda meio fake, sabe? Fora que as pessoas ficam um pouco robotizadas nesta época. Não dá pra falar de nada que não seja relacionado ao tema. ECA!

Em todo caso, adorei a forma que escreve e acho que vc deve ter um órtimo senso crítico para nos audar a disgnosticar os doidinhos que aparecem nas nossas vidas.

Meu blog "Sou para-raio de doido" está aberto para sua visitação.

Um grande beijo

jorginho da hora disse...

De tudo que você citou aí, o pior é o batedor de carteira, que geralmente age numa velocidade...
Um abraço.