Aê, todo mundo

Seja bem vindo. Não espere boas maneiras ou mensagens edificantes!
Lembre-se: esse papo de 'só o amor constrói' é balela: quem constrói é o pedreiro.

quarta-feira, novembro 15, 2006

Putz, matei minha árvore de natal

Feriado no maior calorão é um pé no saco. Pensei hoje em tirar minhas férias em Aspen, mas olhei meu extrato no banco e vi que o sonho é impossível. Pensei em comprar um a mil litros de plástico, mas mas olhei meu extrato no banco e vi que o sonho é impossível. Fiquei duas horas numa fila do cão pra ir no show dos Los Hermanos e quando tava quase chegando, adivinhem, INGRESSOS ESGOTADOS. No final da noite tenho que ver pela segunda vez uma ultra cobertura de um incêndio numa meia dúzia de pinheirinho,entre as praias de Pinhal e Cidreira (Cidroga pros íntimos) como se fosse a destruição da Amazônia. Floresta de pinus, fast wood como bem diz Galeano, QUE QUEIMEM NO INFERNO. É sério, meia dúzia de pinheirinho (eu conheço bem o local, pois muito já me banhei nas águas marrom cocô das duas praias) aparecem com cobertura ultra no Jornal Nacional. Há pouco tempo, um grande desastre ecológico em um rio aqui perto matou muitas toneladas de peixes e até hoje a água aqui em casa tá com gosto de podre com cloro, quando não falta água é claro. Não sei se este rio abastece a minha casa, mas fica bem pertinho e tô puta da cara. To tão puta que acabei de matar um pinheirinho que tinha na frente da minha casa e que muito já serviu de árvore de natal e tô tão aliviada que tô lançando a campanha: MATE UM EUCALIPTO E SEJA FELIZ com patrocínio com a Aracruz

15 comentários:

Ane Brasil disse...

Clarissa, putei-se mais vezes! o textículo ficou ótimo!
com relação a sua campanha, desde já eu estou dentro! conte comigo pra esvasiar as garrafas de José Cuervo pra fazer molotov.
Ah, a propósito: você já leu sobre os desertos verdes que se formam por conta dos eucaliptos?
quanto ao rio, abastece a MINHA casa... e a água ficou uma semana com gosto, com cheiro, com cor e impraticável de tomar... eu, que tanto gosto de água da torneira, fui obrigada a marchar nuns caraminguás pra comprar a porra da água mineral.
sorte e saúde pra todos!

Yvonne disse...

Clarissa, dá dó pensar como temos maltratado a natureza. Não sei onde vamos parar. Beijocas

Raquel Villela disse...

Amiga
a mídia está mesmo uma merda, entrincheirada nesse imenso vácuo fétido chamado desinformação.
Gosto muito do que escreve!
Eita profissão sofrida que escolhemos...
Bjunda
Raquel

Defensor, O Maldito disse...

... ainda bem que a água daqui é outra, he he!
Abraços

Bruno disse...

Matem a rena-do-nariz-vermelho!!!!!!

j. noronha disse...

Todo mundo convocado para a reunião onde será traçada a estratégia da tocaia do Santa Claus (alcunha Papai Noel). Tragam a cerveja que eu levo a tequila.

Sheherazade disse...

Ô, mulher! Em vez de matar os pobres pinheirinhos e se arriscar a ser multada pelo IBAMA, melhor acatar a idéia do J.Noronha: MORTE AO SANTA CLAUS, esse velhinho preconceituoso feladaputa, que só favorece aos meninos bem-nascidos e tanta frustração espalha entre os menos favorecidos. Tô dentro!

Bjão!

Alê Barros disse...

Tou rindo aqui com vc mulher...
Pior que onde moro não tem eucaliptos, logo, se eu for aderir a tua campanha, serei presa, porque terei que entrar numa loja que vende eucaliptos para matá-los...rsrs
beijos e bom findy!

Poeta Matemático disse...

Cara, eu também odeio pinheirinho

Queimem todos, queimem...

rsrsrs

Roberta de Felippe disse...

Definitivamente, esse calor é de matar!!!

Ricardo Rayol disse...

O pior é a "neve"

Bofiscândalo disse...

Bom, se vc eliminou o pinheirinho, não vai ter natal né..como papai noel vai deixar o presentinho? onde vai pendurar meinha?..rsrsrs...beijão saudoso

Jens disse...

Discordo, Clarissa, discordo da tua opinião sobre a bela e aprazível praia de Cidreira. Lembro com saudades das excursões de final de semana: a galinha com farofa e areia, o ki-suco pra criançada, a cervejada, a melancia, o mergulho no mar com a barriga cheia, a "congestã"...bons tempos.
Um abraço.

Engraçadinha disse...

Eu não tenho nada contra Jesus. Mas tenho tudo contra o Natal. E pior! Tenho q passar o espírito natalino p/ meu filho.
Drª, como saio dessa??

Anônimo disse...

A parte "puta" deixa que eu mato e com muito prazer