Aê, todo mundo

Seja bem vindo. Não espere boas maneiras ou mensagens edificantes!
Lembre-se: esse papo de 'só o amor constrói' é balela: quem constrói é o pedreiro.

quarta-feira, fevereiro 06, 2008

Chiquita bacana lá da martinica...

Nego véio e eu passamos o carnaval em família. Toda a família do nego véio resolveu se juntar na praia (se é que dá pra dizer que no Rio Grande do Sul tem praia) pra fazer churrasco e tomar trago.
Pular carnaval? Nããããããoooo, isso não passava pela cabeça de nego véio's family.
A minha salvação foi a minha concú(nhada) que, assim como eu, não dispensa uma batucada.
Então, depois de muita briga, ameaças, agressões físicas e pedidos de divórcio conseguimos arrastar nego véio e seu mano pra procurarmos uma batucada.
Não vou falar da ginga e da malemolência de nego véio e seu mano. Não fica bem pixar a família em público.
(e como há uns 8 anos que eu ameaço me divorciar no carnaval tenho que pegar leve...)

Então eu vou é falar mal de todo mundo: a batucada comendo e o povo parado. Eu disse PARADO olhando.
Quando chegamos tinha umas 200 pessoas. 5 negas dançavam: eu minha concú e mais 3.
Se o mundo dependesse da energia gerada pelo carnaval gaúcho viveríamos um apagão eterno.
E aí eu pergunto: não é uma puta de uma injustiça dizer que São Paulo é o túmulo do samba?

De volta ao nosso lar, doce lar, descobrimos todos bem: os gatinhos, a tartaruga e a samambaia sobreviveram à nossa ausência.Agora que nossa casa agora virou um mini-zoo estou pensando em pedir credenciamento no IBAMA pra atuar como unidade de preservação e no próximo carnaval monto o bloco do "deixa o bicho"... acho que a tartaruga vai evoluir melhor na avenida que certos alguéns.

14 comentários:

Kamilla Barcelos disse...

hauahauhauahuahauh!!

Adorei!! Eu na verdade não gosto de batucada... Até q aqui em Minas Gerais o povo é bem empolgado com carnaval!

jorginho da hora disse...

Melhor que eu, tenho certeza que essas tartaruguinhas se saíriam.
Tem umas gracinhas que eu escrevi sobre o carnaval daqui. Da uma olhada.
Asta la vista.

Moacy Cirne disse...

Já aqui no Rio eu e uma pequena multidão (grande multidão pra valer, frevando loucamente ao som de uma boa música, só em Recife e Olinda) caímos no samba (ou melhor, na marchinha) atrás da Laranjada, do Volta, Alice, do Imprensa que eu gosto, do Xupa mas não baba). E, na verdade, brinquei pouco. Mas assim é a vida. Um dia (logo logo, espero) o bravo Rio Grande do Sul despertará para o Carnaval. Assim diz o Velho Testamento. Beijos.

adelaide amorim disse...

A região sul do país nunca foi chegada, o que eles entendem por carnaval é uma coisa abstrata. Eles sambam abstrato. Mas ao menos tinha 5 sambando, já é alguma coisa.

Goiano disse...

amor da minha vida se conforma... tem gente que nao tem essa malemolencia que possuimos!!!
sao pessoas otimas de caracter... de alguma forma divertidas... mas nao tem gingado...
faz o seguinte : me convida pro proximo carnaval que vou ai olha que "ja vou quicando..." e "vamos tocar horrores"!
uhauhah bjos

Just a Boy disse...

menina... so lamento...
ate aqui na minha cidade, extreeeemo oeste do Brasil, o carnaval é mega agitado, e homem sarado gostoso sem camisa no baaalde...

vem pra caixa voce tambem, vem!
hahahahahah

pelo menos vc descobriu como instigar nego veio (chantagem de divorcio sempre funciona)
adouro!
kkkkkkkkkk

e como sempre, adoro seu blog
^^
beijos

DelfimPeixoto disse...

Foi bom encontrar mais um blog que nos inspira
Parabéns

Sheherazade disse...

Apois bote azeite nas canela pro ano que vem, fía, que a gente vai frevar até "frever" o caldeirão ano que vem. Podexar que depois do "Galo da Madrugada" nego véi vai "desarnar" aqui em Recife, nem que seja acompanhando o Bloco da Saudade, que é light e não carece de muita energia ... Vai ser caco de nego pra todo lado!!!
Quanto às piriguetes, acho que virou epidemia nacional, mas a gente pode combatê-las convidando-as a um duelo cuja vencedora seja quem acertar pelo menos cinco sinônimos ...Que tal?
BARANGAS UNIDAS JAMAIS SERÃO VENCIDAS!!!

Beijão!

SkateComMédia disse...

Da próxima vez, sobe um pouco e vem para Santa Catarina, pois aqui é mais agitado.

E eu vou descer para o sul em busca de paz e descanço.

Divórcio é covardia!

Gigi Quebrabarraco disse...

eu tb vou com vc skatecommedia!

Jens disse...

Oi Ane.
Eu fiquei em POA, fui libertado no domingo (remember comentário anterior) e cai na gandaia no Jardim Vila Nova, Cohab e adjacências. Não sei como cheguei em casa na tarde de quarta-feira. Muito menos o que fiz. Mas acho que foi legal. Me esbaldei.
Abraço, beijo. Lembranças minhas à família. Hoje, sábado, é o enterro dos ossos. Lá vou eu!

poeta matemático disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Então precisa ver o Carnaval de Brasília...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ahn...

Bueno....

Obrigado pelo comentário lá no blog

Fiquei lisonjeado....

Engraçadinha disse...

Esse carnaval tá estranho!

Curupira disse...

O Carnaval por cá costuma ser bão.
Tá meio longe mais quem sabe seis não aparece num desses.
Esse ano passei estudando pra concurso.

É aquele tal negôcio: começou com febre de "funck", aí o cinema pornô ficou cult depois "féchion" e na reprodução da cachorrada inter-espécies saiu esse tanto de piricats, piridogs, piriasnos e caganeira total.

Ataraxia: ausência total de preocupação. Deve ser o problema do Mestre Zen. Quem dera eu sofresse disso também.
Por falar nisso comé que ele tá? Fiquei curioso pra saber no que deu: recuperação, bomba ou ele surpreendeu a todos com sua sabedoria oriental?
Inté