Aê, todo mundo

Seja bem vindo. Não espere boas maneiras ou mensagens edificantes!
Lembre-se: esse papo de 'só o amor constrói' é balela: quem constrói é o pedreiro.

sexta-feira, novembro 24, 2006

A volta do macho convicto

Experimente: vá andando pela rua e pergunte, sem preparação nenhuma a todos os seres do sexo masculino que encontrar: “ Você é um macho convicto?”
Não se surpreenda com o resultado. Alguns, depois de darem um pulinho pro lado(algo digno do Bambi) dirão ui, outros, depois de um pulinho menos... (digamos assim: eloqüente) começarão a frase com um
veja bem’ , mas a maioria, meu caro, a maioria perguntará: ‘como assim?’
Essa é a frase mais recorrente entre os homens hoje em dia ‘como assim, querida, eu preciso tirar férias DE VOCÊ?’ ‘ Como assim querida, o chá de panela da Mirtes vai ser numa casa de strip tease masculino?’ ‘ Como assim querida, você quer assistir Ferroviário e Brasiliense, no dia do último capítlo da MINHA novela?’. (Pô, Ferroviário e Brasiliense tava o mó jogão.... preconceito bobo esse contra a terceira divisão, pô)
Acreditem, há sujeitos que tem A SUA novela... não, eu não estou falando do cara que escreve a novela, eu estou falando do seu pai, do seu irmão, do seu marido, do seu amigo, do seu namorado, do seu amigo pinto... isso, pra mim, particularmente, foi um choque: chegar em casa e flagar o meu coroa vendo novela ainda vai me render algumas sessões de terapia no dia em que eu resolver me render a essa frescura. O pior é quando se encontram Os amigOs e passam a COMENTAR a novela. Ou seja: eles perderam a vergonha na cara.
Voltando ao papo da terapia: agora eles fazem terapia. E descobrem, na porra da terapia, que tem que desenvolver a sua sensibilidade... e desde quando homem tem que ser sensível, caralho?!!!! Já não bastasse ter que aguentar AS amigAs tendo acesso de frescura, agora Os amigOs também vão começar a dar chilique??? Se não bastasse ter que aturar AS amigAs falando de novela, agora ELES também vão vir comentar comigo o último capítulo – e me olhar com aquela cara de “como, você não vê novela???”. Socorro, pára o mundo que eu quero descer.
(Isso sem contar que agora tem homem querendo Discutir a relação!!!! Ora, onde é que nós vamos parar, meu padim padi Ciço?)
Nos tempos do meu avô, machos convictos pegavam qualquer coisa que estivessse a mão no ´quarto de banho´pra lavar o cabelo – inclusive aquele pinhosol que ficou de bobeira depois da faxina... hoje em dia, é comum ouvir na seção de cosméticos do supermercado: “Esse não, querida, esse resseca muito o meu cabelo”... ou seja, o fim da picada.
Voltando à enquete: é difícil você encontrar um sujeito que diga que é um macho convicto. Ficou feio! é out, dizer que é macho convicto. E, o que é pior: pra pegá mulé, o cara não pode sair admitindo sua machesa... pode? E depois a mulherada fica mandando cartinha pra revista nova reclamando que não entende mais os homens... tsc tsc, tsc.
O mundo tá caminhando pra um momento de ‘frescurização’ total. Não tô aqui falando de homossexualidade não, tô falando de frescura mesmo. (Até porque eu acredito, com toda a convicção desse mundo, que o cabra pra ser gay tem que ser muito macho... mas aí é outro papo). Eu tô é falando de uma frescura generalizada. Agora o macharedo tá entrando na onda de florais de Bach, terapias holisticas (até pouco tempo atrás eu pensava que terapia holistica era pra tratar do olho), as últimas tendências da moda verão... aí, que saudade dos tempos em que machos convictos só falavam de futebol... nesse tempo, era mais fácil conversar com eles.
Então, querida amiga, se você conhece um macho convicto, um daqueles que não sabe distingüir salmão de cor de rosa, um daqueles que não acha graça nenhuma em “comédia romântica”
(é, aquelas porra de filminhos com a julia Roberts e o grisalho dos zóio puxado...), se você conhece um macho convicto, daqueles que DESCONHECEM TOTALMENTE A UTILIDADE DE UM CREME ESFOLIANTE por favor, manda ele aqui pra casa pra gente discutir a escalação técnica do sub vinte do XI de Arapiraca... Tô precisando conversar com alguém que me entenda!!!!!
(eu só escrevi essa imundície porque não me deixaram ver o Ferroviário X Brasiliense... tem algum macho aí pra me dizer quanto é que acabou o jogo?)
(esse é um texto mau humorado, escrito num sábado de chuva. Nem sei o que dizer a respeito dessa merda)

26 comentários:

marconi leal disse...

Como assim, quanto acabou o jogo? Então tu não soube que a partida foi interrompida porque começou a chover e a chuva estava acabando com a escova dos atletas?

Roberta de Felippe disse...

Texto mau-humorado??? Que é isso, eua chei genial, hahaha... Aliás, adorei a forma como vc se expressa. Super beijo!

Yvonne disse...

Ane, estou soltando gargalhadas até agora. Por favor, quando você escrever algo bem humorado, me envia logo, logo. Se de mau humor você me mata de rir, imagina ao contrário. Beijocas

edu disse...

É que você ainda não sabe: macho que é macho meeeesmo gosta tanto de ser macho que até gosta de OUTROS machos... :-)

Adorei o texto!!

Poeta Matemático disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Eu era um macho convicto mas não pegava ninguém. Oras, bolas, o importante é pegar as mulheres, oras. Como nós fazemos isso não importa...

Por isso muitos de nós FINGIMOS não ser machos convictos. E se damos bem com a mulherada...

Ah, não sei quanto terminou Feroviário e Brasiliense, mas eles são times da SEGUNDA divisão e não da terceira. Não sacaneia com o time do Luiz Estêvão (aquele lá do esquema do LALAU) tb, né?

Abraços

Blogildo disse...

Como assim, querida? E o Nego Véio? Ele não viu o jogo?

Hahahahahaha! Esse texto tá engraçado, Ane.

Abraço! Saúde & Sorte! Bom fim de semana!

Claudio disse...

òtimo texto. Os machos estão em extinção, essa é a verdade.

bjs

Selph disse...

Concordo com o Poeta. Como diria Lobão "é tudo pose".

Mamy disse...

Pois é, pois é... então, se é só pose, por que é que, quando eles nos "ganham", não voltam imediatamente ao "normal"? Caraca, é um saco ser o "lado forte" da relação! Macho macho é o que há!!!

Ricardo Rayol disse...

Homme tem que ter atitude. Chorar, sofrer, ter duvidas cruéis e ver novela são coisas de metrosecsuais que é um passo para a boiolagem. Não gosto de futebol. O meu esporte é porrada por isso não posso te dizer quanto foi o tal jogo.

Suzi disse...

Tive um namorado que vivia querendo discutir a relação. Dei a ele umas três chances, avisando: "Cara, pára com isso!!! 'Discutir relação' é coisa de mulherzinha..."
Ele não me ouviu.
Terminei na 4ª tentativa de discussão da relação.
Duas mulherzinhas numa relação não dá pra discutir, e pronto!

Beijos, Ana!

p.s.
Joga a foto de "Onde está Wally?" aqui!! Vamos brincar!!
:o)

Suzi disse...

Que horror... eu quis dizer "Bejios, ANE!!!"

I'm sorry.
;o)

señorita p. disse...

Isso é o que eles atualmente chamam de "metrossexual", num é?? A primeira vez que eu ouvi essa palavra, eu já abri um puta sorriso: "opa, metro??? tô dentro!"

Quando percebi que num era nada do que eu tinha pensado, aliás, mto pelo contrário... NHÁ!

Se vc num estiver em Sampa, vem pra cá que eu te apresento uns machos de verdade... hahahahahahahhahahahahahaha! Besos!

tina oiticica disse...

Homem fresco é diferente de homem gay. E mulher fresca é muito chato também. No final é o Saartre quem tem razão; O inferno são os outros. Mas que eu ficaria fula sem ver meu futebol, ah, eu ficaria.

Beijos,

Rogerio disse...

Troglossexual que se preza, não assiste nem o jogo do Ferroviário... Quando dá jogo, se ocupa entrando com o trem de ferro no túnel!!

abominnavel disse...

Na qualidade de paraibano CABRA MAXO sem essa putaria de convicção que convicção é coisa de propaganda de desodorante... Não assito novela, não me preocupo com o cabelo (nem com nenhum dos outros pelos do corpo) e não sou nem um pouco sensível.

Mas eu também odeio futebol. O que não é de todo admirável, existe pouca coisa por aí que eu não odeie.

Walter Carrilho disse...

E não adianta tentar explicar esses lances paras as bibas metrossexuais: elas estão muito ocupadas usando o secador...

Jens disse...

Concordo Ane: o homem tem que ser macho - daqueles que que quando vai ao "quarto de banho" anuncia em alto em bom som: "com licença que eu vou aos pés".

Marisinha disse...

Ane, minha querida. Conheço um exemplar dessa raça em extinção. É o companheiro Jens, assíduo frequentador do Bar do Cabeça (agora lã rause), estabelecimento comercial da zona Sul. É um bagual de quatro costados. Macho paca.
Um beijo.

Teresa disse...

Texto mal humorado??? Eu ainda não parei de dar sonoras gargalhadas!!!

Ane Brasil disse...

Nego véio acabou de confundir uns sabonetinhos em formato de rosa (opa, foi um troço que me deram, num podia recusar) com coisa de comer... hehehehehe! Coisa mais linda! hehehe!
Machos convictos são tudo que há de bom!
Sorte e saúde pra todos!

Mauro Castro disse...

Tu acabastes de comentar lá no Taxitramas...um comentário legal, como sempre. Eu que não sou muito de Internet, resolvi vir aqui agradecer tua presença sempre agradável no meu blog.
Há braços!!

Engraçadinha disse...

Essa é uma boa hora prá vc bater um papo c/ Engraçadão.
Se ele não sabe o placar do jogo, ele presume, de tão especialista q é!
E viva Nego Véio! Mas ver último capítulo de novela é mesmo U_ó!

Chantinon disse...

Eu sou macho convicto!
O complicado é que hoje em dia até macho convicto tem que conviver com amigos gays...
Ainda bem que nenhum me acha interessante :)
Junto com a globalização veio a viadagelização também... e agora é UP ser fresco!
(Eita! esse negócio de UP é coisa de viado :)

Ronan Jimson disse...

Hey Ane, Happy merry christmas.
see you soon, Ane

Anônimo disse...

Hey Ane, Happy merry christmas.
see you soon, AneE.
see you soon, Ane